Promoção de Natal

17 de fev de 2012

Cinzas - Cristina Brandão / Márcia Figueiredo


"Felicidade...
É quando o sonho se materializa à sua frente, e você sabe que o momento de expectativa máxima floresceu. É o desejo tornado realidade, é o início de uma trajetória perseguida a ferro e fogo, sem a credibilidade de muitos, e com o apoio de muito poucos. Miseravelmente poucos...
As correntes com que nos aprisionamos foram lançadas ao fogo, e são apenas cinzas em nossas lembranças. Agora, conseguimos desbravar um novo caminho, e a direção será escolhida por nós.

Muito prazer, somos as criadoras em parceria de uma nova Magia. Magia que trouxemos para nossa vida, e acreditem, nosso voo está apenas começando. Quem quiser nos acompanhar que nos siga, pois nosso é o futuro, independente do que ele nos trará.
Bem-vinda morte, bem-vinda, ressurreição!"

16 de fev de 2012


"Não me dê fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre."
Clarice Lispector



"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo." 
Clarice Lispector


E lá se vão os sonhos... transforma-se a paixão em tormento, a alegria em resignação, a ousadia em disfarce, a beleza em ilusão, o companheirismo em fardo. 
Triste fim de quem não soube se amar.

14 de fev de 2012

A Vida me Ensinou - Charles Chaplin

A vida me ensinou… 
A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração; 
Sorrir às pessoas que não gostam de mim, para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam; 
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, 
para que eu possa acreditar que tudo vai mudar; 
Calar-me para ouvir; 
Aprender com meus erros, afinal eu posso ser sempre melhor. 
A lutar contra as injustiças; 
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo, 
A ser forte quando os que amo estão com problemas; 
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho; 
Ouvir a todos que só precisam desabafar; 
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão; 
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor; 
A alegrar a quem precisa; 
A pedir perdão; 
A sonhar acordado; 
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário); 
A aproveitar cada instante de felicidade; 
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar; 
Me ensinou a ter olhos para “ver e ouvir estrelas”, 
embora nem sempre consiga entendê-las; 
A ver o encanto do pôr do sol; 
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, 
sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser; 
A abrir minhas janelas para o amor; 
A não temer o futuro; 
Me ensinou e está me ensinando a aproveitar o presente, 
como um presente que da vida recebi, 
e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenho que lapidar, 
dando-lhe forma da maneira 
que eu escolher.

A Sacerdotisa Yana e o Capitão Rodrigo

Capa do livro "Herança da Paixão", de Shannon Drake
Minha'lma de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver
Não és sequer a razão do meu viver, pois que tu és já toda a minha vida

Não vejo nada assim, enlouquecida
Passo no mundo, meu amor, a ler
No misterioso livro do teu ser, a mesma história tantas vezes lida

Tudo no mundo é frágil, tudo passa
Quando te digo isso, toda a graça
De tua boca bonita fala em mim, de olhos postos em ti, digo de rastro

Podem voar mundos, mover astros
Que tu és como um deus, princípio e fim."

Florbela Espanca